Bola na rede: Quadra do Jorge Teixeira tira o sossego dos vizinhos

A falta de uma rede de proteção está causando riscos e prejuízos aos moradores próximos.

Por duas vezes motociclistas foram atingidos por boladas enquanto trafegavam pela rua próximo a quadra de futsal do bairro Jorge Teixeira. Em uma das ocasiões o condutor foi ao solo e sofreu várias escoriações pelo corpo.

Moradores da Rua Andrade já perderam a conta de quantas telhas já tiveram que trocar devido as bolas no telhado, até janelas de Blindex já foi danificada por boladas vindas da quadra, segundo afirmou a senhora Ivonete B. Gomes moradora do número 4480 da Rua Andrade.

20180122_095238

O que parecia ser a realização de sonho antigo dos moradores do bairro acabou se tornando um pesadelo para alguns por apenas um pequeno detalhe esquecido na conclusão da obra que custou mais de meio milhão de reais.

A falta de uma rede de proteção atrás de uma das traves para evitar que as bolas ultrapassagem as dependências da quadra e atingisse as residências do outro lado da rua. Uma rede foi colocada porem é baixa e não protege em nada a saraivada de bolas que acontece todas as noites durante os jogos.

20180122_095221

A reportagem procurou o secretário municipal de esportes, professor Hemerson que se encontra de férias.

Em contato telefônico o secretário confirmou que na segunda quinzena de fevereiro assim que retornar aos trabalhos estará fazendo a aquisição de aproximadamente 150 metros de rede para serem instaladas no local e assim resolver a problemática da quadra.

“Vou providenciar a aquisição desse material e instalar essa rede de proteção e resolver essa situação”, garantiu o secretário Hemerson.

Autor: Luizinho Carvalho/Sociólogo