image

Deputado Anderson articula “Nota de Apoio” à greve dos trabalhadores em educação

O parlamentar anuncia convocação de secretários do governo para prestarem esclarecimentos.

O presidente da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia Legislativa, deputado Anderson do Singeperon (PV), emitiu na terça-feira (6) Nota de Apoio à greve dos trabalhadores em educação. O parlamentar anunciou durante a sessão ordinária a convocação da cúpula de secretários do governo para prestarem esclarecimentos.

A reunião solicitada para quinta-feira (8), pautará sobre as providências adotadas quanto à pauta de negociação apresentada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (Sintero). O requerimento de sua autoria será lido e aprovado na sessão ordinária desta quarta-feira (7).

06-03-18-h67h2nbyvopzcvm

A nota de manifestação de apoio aos profissionais em educação foi também assinada pelos deputados Maurão de Carvalho (MDB), Hermínio Coelho (PDT), Jean de Oliveira (MDB), Léo Moraes (PTB), Dr. Neidson (PMN), Adelino Follador (DEM), Aécio da TV (PP), Edson Martins (MDB), Lazinho da Fetagro (PT), Ribamar Araújo (PR), Rosângela Donadon (MDB), Saulo Moreira (PDT) e Só Na Bença (MDB) durante reunião com a direção do Sintero.

“O movimento grevista dos servidores é mais que legítima, pois o Governo descumpre com o Plano Estadual de Educação, encaminhado pelo próprio Executivo e aprovado pela Assembleia, entre outros pontos da pauta”, ressaltou o deputado Anderson.

Na nota, os deputados estaduais expressam que a educação precisa ser prioridade dos governos na prática. “Essa primazia passa pela valorização dos seus profissionais, que devem ser tratados com respeito e dignidade”, diz o documento. A presidente do Sintero, Lionilda Simão, apresentou como prioridade a implantação efetiva do plano e seus respectivos benefícios à categoria.

Fonte: Assessoria/ALE