urna-eletrnica-2016-computador-e-tablet-D_NQ_NP_367521-MLB20813042753_072016-F

Eleições: A importância das mulheres nas eleições 2018

O assunto já foi abordado pela coluna, mas devido a importância do tema merece ser mais bem explorado. É sobre decisão da Justiça Eleitoral, que a partir das eleições deste ano todos os partidos, que já tinham a obrigatoriedade de ter 30% dos postulantes a cargos eletivos de mulheres.

 Agora terão que aplicar 30% do fundo partidário nas candidaturas femininas. Não basta nominar 30% de candidatas mulheres, como se fazia até 2016, a maioria apenas para formalidade, para cumprir a lei, ou burlar a lei confirmando a cota partidária.

Apesar de a Lei Eleitoral exigir que 30% dos candidatos sejam do sexo feminino, na prática era apenas figuração para cumpri-la, porque quase a totalidade não tinha a mínima condição de somar votos para se eleger e nem campanha faziam.

A partir deste ano obrigatoriamente os partidos terão que investirem 30% da receita partidária na campanha das mulheres. No mínimo é uma garantia que teremos maior participação feminina no processo político ampliando as bancadas no Congresso Nacional, Assembleias Legislativas e a representatividade no Poder Executivo.

Fonte: Rondoniadinamica