deputado-anderson-ressalta-a-necessidade-de-valorizacao-do-servidor-no-ato-de-posse-do-novo-titular-da-sejus-1525747746

Na posse do titular da Sejus, Anderson ressalta a necessidade de valorização do servidor

“Para o sistema penitenciário ser fortalecido ele tem que olhar para quem carrega ele, que é o servidor, que está lá na ponta”. Esse foi o tom do discurso do deputado estadual Anderson do Singeperon (Pros) na cerimônia de posse, nesta segunda-feira (07), do novo titular da Sejus, o agente penitenciário Adriano de Castro.

Na presença do governador Daniel Pereira, o parlamentar falou da necessidade de valorização do servidor penitenciário e reafirmou a parceria com o Parlamento.

“O servidor tem que ser reconhecido, não somente com salário, mas também com capacitação e regulamentação.

Ainda temos um dos piores salários do país, mas também temos muitos guerreiros comprometidos e que irão vestir a camisa dessa nova gestão. Quero colocar o Parlamento estadual à disposição para vencer essas barreiras”, ressaltou.

Anderson agradeceu o governador por depositar a confiança na categoria ao colocar um agente penitenciário na direção da pasta. “Desejo boa sorte e um bom trabalho ao Adriano. Vamos trabalhar pelo sistema e ajudar a fortalecer os seus alicerces para que a Sejus cumpra com a sua finalidade que é de ressocializar o preso”, discursou.

Castro revelou que sua atuação será pautada em duas vertentes: uma em prol do sistema em si e a outra voltada aos servidores. Uma das pautas iniciais que já está trabalhando e que foi levada pelo deputado Anderson é a flexibilização da escala de trabalho dos agentes penitenciários.

“Essa flexibilização levará em consideração as peculiaridades de cada unidade prisional, desde que se cumpra as 40 horas semanais”.

Vamos enviar uma minuta para a Procuradoria Geral do Estado analisar”, anunciou ao confirmar também sobre a criação de uma comissão para a implementação do Estatuto dos servidores.

“Peço o apoio de toda a categoria para que façamos juntos um bom trabalho e, assim, mostrar o nosso valor. É uma pasta bem complexa, mas estamos cheio de ideias e muita vontade de trabalhar”, evidenciou Adriano.

Quanto aos planos para a população carcerária, o secretário destacou o trabalho de digitalização dos prontuários dos apenados, o que irá facilitar a identificação e o trabalho da própria categoria.

Além disso, já está programado um mutirão na capital nos dias 28, 29 e 30, em parceria com o Tudo Aqui, para a emissão de documentos pessoais para que os apenados tenham condições de trabalhar e aos poucos serem reinseridos na sociedade.

Fonte: Assessoria/Parlamentar